segunda-feira, fevereiro 12, 2007

VEM AÍ O "COMPANHEIRO BUSH"

Em março, dizem os jornais, o "companheiro Bush", como Lula já chamou o presidente dos EUA, aporta por essas plagas. Na pauta, a compra de bilhões de litros de etanol para substitutir parte do petróleo utilizado nos EUA e gestões para o Brasil afastar-se de Chávez, o protagonista atual da América Latina.

Essa é a versão, digamos, oficial., baseada nas conversars que o terceiro e o quarto escalões do Departamento de Estado mantiveram em Brasília na semana passada.

Na vera, mesmo, o que pode estar em jogo é a estratégia internacional de Lula para seu segundo mandato - que leva em conta a reorientação da política externa de Brasília em direção à proximidade com a União Européia e Washington.

Lula aventou essa possibilidade imediatamemnte após a sua eleição, em entrevista a três dos mais importantes diários do Velho Continente.

Depois, ele e seu ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, reepudiaram essa hipótese.

Mas, não convenceram ninguém

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home