sexta-feira, outubro 13, 2006

MAIS DOIS AMBIENTALISTAS MORTOS

Deu no portal Terra
Quarta, 11 de outubro de 2006, 10h45 Atualizada às 10h46
PF vai investigar morte de ambientalista em MG

A Polícia Federal vai investigar a morte do biólogo Eduardo Marcelino
Ventura Veado, 41 anos, e de sua mulher, a pedagoga Simone Furtini Abras, 41
anos, atropelados enquanto caminhavam, na quinta-feira, em uma estrada, em
Ipanema, na Zona da Mata de Minas Gerais. De acordo com o Estado de Minas, a
polícia suspeita que o atropelamento tenha sido proposital, pois o
ambientalista vinha sofrendo ameaças de morte por ter denunciado
desmatamentos ilegais na região.

Eduardo e Simone foram atropelados por uma picape de cor branca, às 18h45,
enquanto caminhavam pelo acostamento da rodovia. O veículo saiu de uma curva
em alta velocidade, avançou na contramão e os atingiu pelas costas. Uma
testemunha ouvida pela Polícia Civil contou que o motorista desceu do carro,
olhou para as vítimas e fugiu sem prestar socorro.

O biólogo e a esposa trabalhavam na região há 18 anos, onde criaram a
Estação Biológica de Caratinga, com 900 hectares, destinada à preservação da
Mata Atlântica e do macaco muriqui, ameaçado de extinção. A área de proteção
foi montada graças a um acordo com o fazendeiro Feliciano Abdala, já
falecido, que concordou em ceder as terras.

Redação Terra

1 Comments:

Blogger Clube do Biólogo said...

Preciso saber mais sobre isso?

vicente.ma@gmail.com

meu site www.clubedobiologo.com.br

9:02 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home